Read A Promessa by Lesley Pearse Online

a-promessa

No início de julho de 1914, a Europa vive os seus últimos dias de inocência.A jovem Belle realizou os seus sonhos. A uma infância pouco comum seguiram-se anos dramáticos, ao longo dos quais quase cedeu ao desespero. Mas a sua coragem e determinação prevaleceram. A sua vida é agora feliz. Está casada com Jimmy, o seu primeiro amor, e conseguiu abrir a elegante loja de chapéNo início de julho de 1914, a Europa vive os seus últimos dias de inocência.A jovem Belle realizou os seus sonhos. A uma infância pouco comum seguiram-se anos dramáticos, ao longo dos quais quase cedeu ao desespero. Mas a sua coragem e determinação prevaleceram. A sua vida é agora feliz. Está casada com Jimmy, o seu primeiro amor, e conseguiu abrir a elegante loja de chapéus que sempre desejou. Mas a História do mundo está prestes a mudar. A I Guerra Mundial vai arrastar consigo milhões de pessoas. Belle e Jimmy abdicam de tudo para defenderem o seu país. São ambos destacados para França, onde Jimmy vai arriscar a vida nas trincheiras e Belle conduz uma ambulância da Cruz Vermelha. É um tempo de devastação sem precedentes em que sobreviver a cada dia representa uma vitória. E é quando o passado menos ocupa os seus pensamentos que Belle será obrigada a confrontá-lo pela derradeira vez.Bastará um momento. Um homem. Um olhar.Entre a luta pela sobrevivência, uma paixão proibida e a lealdade devida a um grande amor, Belle está perante uma escolha impossível. Mas ao viver na pele um dos mais sangrentos conflitos da História, terá ela poder sobre o seu destino?A Promessa é a continuação da história de Belle, a inspiradora heroína de Sonhos Proibidos....

Title : A Promessa
Author :
Rating :
ISBN : 9789892324722
Format Type : Paperback
Number of Pages : 528 Pages
Status : Available For Download
Last checked : 21 Minutes ago!

A Promessa Reviews

  • Telma Oliveira
    2018-10-30 05:42

    Lesley Pearse é uma das minhas escritoras preferidas!A escrita desta autora é simples e fluída. Adoro o facto de não existir "palha" no livro de cada capitulo ser essencial para a história. Esta autora consegue criar uma historia envolvente, maravilhosa e cheia de acontecimentos inesperados com personagens, como neste caso a Belle, que são inesquecíveis devido a parecerem "autenticas".A narrativa deste livro ocorre durante a primeira guerra mundial e eu adorei como a autora descreveu a guerra vista pelos soldados e pelas pessoas que estavam nos hospitais a tratar dos feridos, como abordou o sofrimentos das famílias destes soldados ao longo da guerra, como ficaram as aldeias e cidades depois de estes homens irem para a guerra e como serviu para a emancipação das mulheres e como demonstrou tão bem que para aqueles que estiveram na guerra as marcas físicas e psicológicas ficam para sempre e não só os prejudica a eles mas como as pessoas ao seu redor.

  • Mafi
    2018-11-18 06:58

    (...)Belle encontra-se numa situação estável e equilibrada. Feliz com a sua chapelaria, vive com o marido Jimmy que continua atencioso e apaixonado por ela, e com Mog e Garth que continuam a ser dois grandes apoios e confidentes. É então que a 1º Guerra Mundial estala e Jimmy, sentindo-se na obrigação de representar o seu país, parte para a Grande Guerra, deixando uma Belle abalada. Determinada a que a ida de Jimmy para a Guerra não a afectasse mais e em consequência de uma nova amizade com Miranda, Belle decide também ajudar, inscrevendo-se como voluntária na Cruz Vermelha, primeiro como assistente hospitalar e depois como condutora de ambulâncias. Diria que é aqui que começa a história do livro e mais uma vez a jornada de Belle rumo à felicidade. Embora pelo caminho irá travar amizades com pessoas importantes como Vera, as pessoas que perderá são em maior número. Sem contar grandes spoilers do livro, posso dizer que gostei bastante desta continuação, embora alguns dos acontecimentos tornem um pouco a história arrastada. Mesmo assim como este livro é escrito com a mestria de Lesley Pearse, o livro até pode ter mais de 500 páginas que é impossível não o devorar em três tempos, que foi o que me aconteceu.Gostei mais uma vez como a autora destaca e dá importância ao papel da mulher nesta época. Aqui não temos só Belle como grande figura de coragem e determinação mas também temos Miranda que tem a sua própria história aqui e não aparece como simplesmente 'a amiga de Belle'. Mais para o fim, aparece Vera que julgo terá mais destaque no 3º livro.(...)Opinião completa: https://algodaodoceparaocerebro.blogs...

  • Anne
    2018-10-25 05:06

    I've been a huge fan of Lesley Pearse since way back in the early 90s. She writes huge, fat, satisfying stories with wonderful characters and such well-researched plot lines. During my reading years, I've discovered many new authors and new genres, I'll admit that I've abandoned old favourites along the way as my tastes have grown and changed, but the thought of a new Lesley Pearse novel never fails to thrill me. Thanks to the wonderful new world of social media, and especially Twitter, I now feel as though I actually 'know' Lesley just a little bit and have been delighted to exchange Tweets with her on a regular basis. It's also through our Twitter friendship that I've been lucky enough to get hold of a pre-publication copy of Lesley's latest novel The Promise (published January 19 2012 by Michael Joseph Ltd). I've spent the last few days with my nose buried deep and have just come up for air - very satisfied, but a little lost, as now I'll have to wait for her next story.The Promise is Lesley Pearse's twentieth novel and continues the story of Belle Reilly who readers were first introduced to in Lesley's novel entitled Belle,published earlier this year by Michael Joseph Limited.The year is 1914, the eve of World War 1 and at last Belle is happy, married to Jimmy and running her own hat shop. Belle has had a colourful life, although only still in her early twenties, she has seen and done things that many women of her era will never dream of. Life has not been easy, she has suffered abuse and hardship, been rejected by her own Mother and although she has travelled across the world, her journey was not a happy one.When Jimmy decides to enlist and go off to France to fight for his country, Belle is left lonely and restless. Never the type to sit back and wait for her man, and after a dreadful and shocking experience at the hands of a stranger, she too sets off for the battlefields, as a volunteer ambulance driver. In France, Belle not only risks her life, but her happiness after a chance encounter with an old friend Etienne.The Promise is a terrific read. Belle is a wonderfully created character, she has her flaws and is obstinate and headstrong, but also independent, loyal and passionate. Lesley Pearse has recreated the battlefields of France so well; the mud, the terror, the rain, the injuries, the smells, the sounds, the sights. The bravery of the young soldiers, the determination of the volunteer medics - the doctors, the nurses and the drivers. The pure horror of conditions in the trenches are brought home to the reader in full force. There is also the dark humour, the loyalty, the friendship that is shared by the characters.Once again, Lesley Pearse has produced a powerful story that drags the reader in from page one and doesn't let up the pace right up until the end.

  • Liliana Pinto
    2018-11-07 06:01

    Foi amor à primeira vista. Desde o primeiro olhar que me apaixonei pela escrita e pelas histórias de Lesley Pearse. Acreditem. Sempre que sai um novo livro dela eu corro para o comprar. Mesmo que esteja na penúria. Posso dizer com muito orgulho que li TODOS os livros publicados pela senhora cá em Portugal. E voltaria a lê-los. Por essa razão tenho de agradecer ao Segredo dos Livros e a editora ASA por me darem a oportunidade de ler este livro. MUITO OBRIGADA.Agora passemos ao livro em si.Que hei-de dizer? É maravilhoso. Maravilhosamente escrito, como já nos habitou Lesley Pearse (e uma boa tradução). Personagens bem construídas e humanas. Lugares inesquecíveis. Descrições que por vezes me maravilharam e que por vezes me horrorizaram. Peço desculpa por usar tantas vezes a palavra "maravilhoso" mas é a descrição perfeita para este livro. Maravilhoso.Quando iniciei a leitura do livro adivinhei logo o final que a autora tinha destinado para ele. E fiquei triste. Sempre adorei o Jimmy e a sua enorme força de vontade. Nunca parou de procurar a sua Belle durante os anos em que ela esteve desaparecida. E no final de tudo teve a sua recompensa. Mas consigo perceber os sentimentos de Belle quando Étoine regressa à sua vida. O Jimmy foi o seu primeiro amor, mas o Étoine é o amor da sua vida.As descrições dos campos de guerra e da guerra em si chocou-me. Não as descrições em si, claro. Mas sim a sensação de impotência que me passaram. Como é possível aquilo ter acontecido? Tanta gente inocente ter morrido por um capricho de um alemão? Infelizmente 21 anos depois o capricho de um alemão iria atirar de novo a Europa para um guerra.Quanto às personagens só vou dar atenção a uma: a Miranda. Uma menina de boas famílias e que tinha tudo para ser uma mimada e presunçosa do pior revelou-se uma jóia de pessoa que pensou sempre nos outros primeiro e só depois em si. O seu final entristeceu-me tanto que só tive vontade de chorar. Mas em todas as guerras existem baixas e é neste ponto que a Lesley Pearce ganha ainda mais pontos. Acreditem em mim quando vos digo: leiam o livro. Não se vão arrepender.Recomendado!

  • Grace J Reviewerlady
    2018-11-14 10:01

    A very enjoyable tale ... not all light and frothy, explained some of the horrors of WWI for the ordinary soldier. I realised fairly early on that this was a sequel and wish I had taken the time to find that out before reading it ... but overall, an excellent read. I had been put off this author by continual comparison to Jodi Picoult (who was fine to start with, but now always seems to write with 'a cause' in mind), and will definitely read more of her work.

  • Silvana (Por detrás das Palavras)
    2018-11-10 08:02

    Pegar num livro de Lesley Pearse para ler é como voltar a um lugar onde fomos felizes. Apesar de tantas agruras pelas quais as personagens de Lesley passam, sinto-me tão feliz a ler livros dela. As suas histórias enchem-me o coração de esperança e, no fim, deixam aquela sensação de vazio tão grande que só me apetece voltar ao início do livro."A promessa" é a continuação da história apaixonante de Belle do livro Sonhos proibidos. Adorei reencontrar todas as personagens, assim como conhecer outras tantas que deram uma tonalidade especial ao livro e a tudo o que foi acontecendo.Com base numa escrita simples, fluída e cativante, Lesley Pearse leva-nos por locais e experiências tão diversas através de Belle, da Mog, do Jimmy e do Ettiene.Toda a narrativa foi construída de forma muito inteligente recorrendo ao cenário histórico da Primeira Guerra Mundial.Na minha opinião a autora soube explorar muito bem os acontecimentos da guerra e as consequência em termos de saúde mental que um acontecimento desta intensidade pode ter nas pessoas.Consigo compreender Belle em todos os momentos do livro, mas nem sempre concordo com as suas opções. A essência dela ficou muito marcada por tudo aquilo que lhe aconteceu. Tornou-se num espírito livre, aventureiro e que, muitas vezes se sente como um pássaro selvagem colocado numa gaiola. Por tudo isto, percebo que ela precisava de caminhar pela vida com outro ser que fosse constituído pela mesma essência. Penso que Jimmy e Ettiene foram as personagens que sofreram mais transformações quer do livro anterior para este, quer ao longo deste mesmo livro. E foi neste livro que o lado bom de Ettiene se elevou para além do seu lado mau e sombrio. Continuo a achá-lo interessante e de quem gostaria de ter visto mais no livro. Porém, tendo em conta tudo o que foi acontecendo, faz sentido tudo aquilo que a autora nos ofereceu dele.Uma personagem que apareceu neste livro foi Miranda. Uma amiga verdadeira que Belle conquistou para a sua vida. Escrevo sobre ela pois foi a personagem que me fez chorar em diferentes momentos do livro. A sua essência não era tão livre como a de Belle, mas guardava dentro dela um coração especial com vontade aventura. Uma mulher com garra que apenas queria descobrir o amor e ser feliz. Foi uma personagem muito intensa e que me ficará guardada no coração por todas as atitudes, comportamentos e relações que construiu. Eu gostaria de ser amiga da Miranda. Como já vem sendo hábito, adorei ler Lesley Pearse. É, sem dúvida, uma das minhas autoras favoritas. Os livros dela deixam-se sempre muito saudosista. Vivo tão intensamente a vida das suas personagens, que no fim tenho alguma dificuldade em separar-me delas. Estou muito, muito ansiosa por ler a continuação. Espero fazê-lo em breve.

  • Tempo de Ler
    2018-11-21 05:56

    A história de Belle é certamente uma das mais inspiradoras, apaixonantes e comoventes que já li. Se Sonhos Proibidos serviu para nos apresentar Belle, A Promessa serve para a ver amadurecer. Belle realizou finalmente os seus sonhos, casou, abriu uma elegante loja de chapéus e prepara-se para colocar o tenebroso passado para trás das costas…mas estamos em julho de 1914, o que significa que a guerra está à porta. Quando a Alemanha invade a Bélgica, na sua condição de aliada, a Inglaterra declara guerra ao Império Germânico, levando a acessos de patriotismo que promoveram o alistamento entusiasta de tantos e tantos ingleses. Conduzido por um sentido moral rígido, Jimmy, o marido de Belle, está entre eles… tal como Étienne, o verdadeiro amor da sua vida, que decide colocar um passado violento a favor do seu país, a França. Um dos grandes trunfos deste livro é o carácter da própria protagonista - uma mulher memorável, inteligente, cheia de imaginação e força. Outra vantagem, será o conflituoso período histórico, só por si interessantíssimo e que acaba por condicionar todo o desenvolvimento da narrativa. E o último trunfo é, sem dúvida, o talento inato da escritora que recorreu a toda a sua experiência e competência para nos pintar uma saga épica, maravilhosamente complexa e intrincada. Mesmo neste período tão sombrio, Belle destaca-se pelo anseio em fazer qualquer coisa diferente e ousada. Desejando compensar de alguma forma o seu passado de «mulher caída», opta por trabalhar como voluntária no hospital. A sua amizade com Miranda, também ela uma personagem encantadora, proveniente de um meio tão diferente do de Belle mas com tanto em comum, leva a nossa heroína ainda mais longe nos seus objectivos como voluntária: condutora de ambulâncias em França.As consequências do recrutamento de tantos homens inaptos/inexperientes, tais como empregados bancários, caixeiros e operários fabris, ficam bem patentes neste livro… Persegue-nos durante a narrativa a sensação constante de que aquele podia ser o último dia das suas vidas, vítimas de uma estupidez assassina. Apesar de sermos confrontados com o enorme número de homens que morreram por motivos questionáveis gostei muito que Lesley Pearse tenha globalizado de forma quase imparcial o sofrimento provocado pela guerra, mostrando-o através das uas personagens, sem apontar desnecessariamente o dedo a culpados. Longe de hipocrisias, também o lado positivo destes tempos sombrios, porque o há sempre, é tido em conta: a emancipação das mulheres, o derrubamento de barreiras sociais, o avanço na medicina, na tecnologia e em tantas outras áreas. Comovi-me bastante quando as personagens se deparam com o facto de já não serem as mesmas pessoas que eram antes da guerra…de não se conseguirem adaptar às vidas que levavam. O sofrimento inimaginável dos combatentes que regressam com graves e debilitadores ferimentos de guerra, o sofrimento dos familiares que esperaram tanto tempo por alguém estimado que viram partir e que nunca verão regressar na íntegra, quer física quer psicologicamente…Partiu-me o coração quando um dos personagens, um dos meus preferidos, diz «não tenho nada dentro de mim».Ao recordar Belle, jovem, feliz e empolgada no início do livro, e depois relembrar os difíceis períodos que teve que atravessar mostra-me como Lesley Pearse me levou numa magnífica viagem através desta heróina, não se poupando a esforços para lhe dar vida, tornando-a uma personagem muito querida para mim. Pessoalmente, gostei mais de Sonhos Proibidos, mas ambos são magníficos e, juntos, constituem a minha história preferida desta autora até à data!

  • Karen
    2018-10-25 10:46

    I enjoyed 'Belle', the previous book, and was very much looking forward to this sequel. I'm happy to say I wasn't disappointed. When we first meet Belle again, she has married, has her own hat shop and lives a very respectable life with her husband Jimmy, her old friend Mog and her husband Garth. Life changes for everybody however with the outbreak of WW1. Jimmy enlists to go to war and a life changing event forces Belle to reconsider what she wants to do with her life and how she can help the war effort. We then follow Belle's story through those terrible war years.Lesley Pearse has once again created a brave, likeable but also vulnerable character in Belle. She tries to do the best with whatever cards life deals her and has a strength of character that sees her through some tragic events. Despite being set during the war years, I found this to be a more sedate read than 'Belle' and not so much of an 'edge of your seat' read but nonetheless very enjoyable.The author has seemingly meticulously researched the horrors of a soldier's life during the first world war. Life in the trenches is described so well that you can almost feel the squelching of the mud, the explosions and the terrible ordeal that the soldiers, and indeed the non-military personnel, went through.This book contains many references to characters and events that appeared in the previous book and I would recommend that 'Belle' is read first to gain a deeper understanding of Belle's character and the background to the story.

  • Maria João
    2018-11-20 06:40

    Este é um livro que mais cedo ou mais tarde terá de vir para a minha estante. Não só por ter todos os livros desta autora mas porque ele é realmente especial.Acho que ainda gostei mais do que o anterior e eu já tinha adorado o primeiro. Sim porque este é a continuação de Sonhos proibidos onde encontramos Belle e a acompanhamos nas suas aventuras e desventuras.Acho que ainda gostei mais deste por atravessar a guerra e a autora ter conseguido descrever magistralmente esta época tão negra. Não deixando de ter a sua parte de romance a autora consegue nos envolver na trama e quase que sentimos a lama das trincheiras. Sem querer adiantar muito mais para não vos retirar o prazer posso apenas dizer que mesmo tendo passado por tanto a nossa heroína consegue finalmente ser feliz e se alguém merece é ela :) Eu desde sempre torci por este final e fiquei muito agradada com ele.Uma autora a não perder nunca de vista.

  • Míša Rubášová
    2018-11-06 10:50

    Prožila jsem s Belle dalších pár let a neskutečně si je užila. Kniha mi několikrát vyrazila dech a dokonce i rozplakala. Krásný a dojemný příběh. Lesley umí psát, umí upoutat a už teď se těším na její další knihu. Wow!http://kniznidenicek.blogspot.cz/2016...

  • Liliana Carvalho
    2018-11-10 03:56

    Opinião no blog: http://vamosdoarlivrosanossabibliotec...

  • Miriam Smith
    2018-11-16 04:42

    I love any book by Lesley Pearse she just puts everything into her books, and as expected I thoroughly enjoyed this one too!! Highly recommend.

  • Büşra
    2018-11-09 02:50

    ilk kitabı daha çok beğenmiştim, bu kitapta Belle nin dönüştüğü insanı sevmediğimden dolyı 3 yıldız veriyorum

  • Ana
    2018-11-08 10:48

    Este livro surpreendeu-me pela positiva.Já tinha lido alguns livros da Lesley Pearse, mas a certa altura comecei a ficar desiludida com tanta tragédia. Todas as personagens principais viviam rodeadas pela desgraça e por mais que lutassem nunca saíam desta espiral de má sorte. O primeiro volume desta saga acabou do mesmo modo e abandonei esta história. Passados alguns anos, decidi dar mais uma oportunidade a "Belle" e não me arrependo.

  • Nour Sharif
    2018-10-30 09:46

    I have to say how much I liked book 1 'Belle'. I found it amazing. But now as I look back I am not so sure anymore. I read it two years ago back when I was not very experienced with books. But still Belle was much better than this one. A friend told me before both of us read 'the promise' that she was baffled that Belle was not traumatised at all. Well, in book one she probably didn't have the chance as the whole book was concentrating on her attempts to escape and go back to her family so I thought that her remark wasn't very valid. But as I read the promise I realised that she was absolutely correct. A woman who faced such horrible situations will at least avoid male proximity for some while, but no she rushed off and married Jimmy shortly after that thing with Pascal. Didn't she at least get nightmares from the time she was raped?! Not at all?! Her writing style was very annoying at the beginning of the book but then it got better, and a lot of the conversations I found to be cheesy. Add to that, there was supposed to be more conversations. I thought there was more unnecessary talk of war than it was supposed to be and less conversations than it was supposed to be. And when there were conversations, they seemed too cheerful, cheesy and too sentimental for me, more than they were supposed too. I hated Belle's choices when it came to Etienne at first and I was furious, and then I hated jimmy. But now, I like Etienne better especially at the end of the book and now I don't hate them so much. (view spoiler)[ I was saddened by Garth's death but maybe it was necessary for their trip to New Zealand and their liberation? And I expected that Etienne would follow her to New Zealand(hide spoiler)]There is one thing that bugged me the most. I couldn't help but compare this book to 'The Great Gatsby'. The promise was set in the period of time before the great Gatsby was written and even though the American accent is considered the trash of the english language, still The Great Gatsby is more posh. Get what I mean? In my opinion, every character in the promise didn't speak the way people of that time spoke. At the beginning of the book it was closer to their way of speech than in later parts and that removed a lot of the credibility in this book. There is something that really baffled me. Etienne at the end of the book said 'subconsciously'. Sure at the time it had been a few years that subconscious was discovered and accepted in the scientific community but it wasn't long enough for people to accept it and use it in their speech so easily, just another point I thought I had to make.I still liked it though and it hooked me up. It was quick, comfy and entertaining.

  • Louise Graham
    2018-11-12 03:58

    This book picks straight up where Belle ended. All the characters we loved are still there and we read more of how life for Belle has flourished and how happy she is. It wouldn’t be a Lesley Pearse if everything stayed rosy and simple!Her past life comes back and stirs up all sorts of memories and new problems for Belle and those around her. Nothing is ever as simple as it seems. Relationships are stretched to the limit and war really changes things that she used to hold so dear.Packed full of emotion, fabulous descriptive and detailed writing particularly around the war. My heart went out as I read about what the men on the front line went through, leaving nothing to your imagination as you can almost hear the bombs and smell the fear of the soldiers. Very strong characters, not just in Belle but we are also introduced to some new people and some gorgeous friendships develop. Just when you think nothing can get any worse, there is something new to face.I’m sure writing a sequel is never an easy decision, but Lesley certainly will not disappoint you with this book. If like me the ending of Belle left you wanting more, The Promise certainly does deliver, bringing together a new ending and finally closing Belle’s story however bumpy her journey is getting there. This book had me gripped, crying in places and a falling in love with a certain someone all over again!!Another amazing read and I am so delighted to feature it as my first Book of the Month for 2012.

  • Maria
    2018-11-06 06:06

    Alerta: A Promessa é a continuação de Sonhos Proibidos portanto se não leu ainda esse livro não pegue neste antes. Aconselho que quem não leu vá a uma livraria comprar um exemplar para desfrutar de uma belíssima leitura.Em A Promessa vemos já uma Belle completamente segura de si, uma excelente empresária de uma loja de chapéus e com uma vida amorosa feliz. É casada com Jimmy e vive com Mog e Garth numa pequena casa. Mas a felicidade é assombrada tanto pela visita de Étienne, um amor passado, e pela chegada da guerra. Neesa altura já se suspeitava que após a invasão da Bélgica por parte dos alemães, que a guerra com a Inglaterra estaria próxima. Já havia muitos jovens ingleses a inscreverem-se no exército para combater os alemães, por livre vontade. O apelo à alistagem era por demais evidente, surgindo um grupo de mulheres a distribuir penas brancas nas ruas com o intuito de que os homens tivessem vergonha da cobardia por não ajudarem os aliados. Com vergonha, e com vontade de defender a pátria, Jimmy decide alistar-se mesmo sabendo que Belle carregava no ventre o filho de ambos. Esta será mais uma catástrofe a abater-se sobre Belle e que a vai mudar completamente. (...)http://marcadordelivros.blogspot.pt/2...

  • Meera AlSuwaidi
    2018-10-31 10:05

    So I got this book as a gift from my friend long time ago and I realised later on while reading that it is actually a sequel to 'Belle'. Didn't affect me very much to be honest, there were just few things that I had to look them up to have a background about what happened in the first book.It is such an emotional story that was set during WW1, and had many life changing event for some characters. 'The Promise' continues the story of Belle's struggles upon her return to England as well as her time as an ambulance driver in France during the war. She's such a strong and determinant person.It's my first Lesley Pearse book, so enjoyable and interesting to read!

  • Wicahpis
    2018-11-18 03:47

    Tem de se ter em atenção as promessas que se fazem... ADOREI

  • Martina
    2018-11-06 03:46

    I have read all of Lesley Pearse's books and she never lets me down. Truly a page-turner.

  • Samira Salimi
    2018-10-22 02:41

    War is devastating, cruel & awful. Belle believes she has her dream life but her past returns to haunt her. She hesitates which way to go & which live to take. (This was the second book I read from Lesley Pearse. She is a good story teller)

  • Maria Ana
    2018-11-05 09:00

    Demorei imenso tempo a ganhar coragem para escrever. Não sei por onde começar, porque na minha mente são tantas as imagens, pensamentos e reflexões sobre este livro. Foi dolorosa a nossa separação, um turbilhão de emoções dentro de mim, lábios mordidos e muitas lágrimas, perdendo a conta quantas vezes respirei fundo a cada página.A Promessa de Lesley Pearse lavou-me o espirito. Foi a primeira experiência com um romance relatando a Primeira Guerra Mundial, e até esta data nunca tinha percebido realmente toda a dinâmica do sucedido. Ver a infelicidade das esposas deixadas sozinhas, as famílias encarregues dos inválidos, a lama, o constante barulho das bombas e canhões, as pulgas, o fedor dos cadáveres, fez-me perceber que o verdadeiro inferno desceu à terra.Durante esta leitura senti em mim uma divisão abissal, Jimmy, Étienne? Qual dos dois o ideal para Belle. Por um lado compreendia o “verdadeiro” amor de Belle, Étienne. Compreendi que ficou muito por dizer após um salvamento digno de herói. Após a despedida na Gare du Nord, desejei que voltassem para os braços um do outro, que se amassem e ficassem juntos até ao fim dos seus dias. Mas então Belle casou-se.Jimmy, oh Jimmy, sempre tão carinhoso, atencioso, uma joia de rapaz, conquistou-me o coração e fez-me desesperar. Esperou por Belle anos, e depois sofre na guerra. Fez-me crer que no fundo, ele nunca tivera direito a ser feliz com Belle, pois tudo se desmoronou. Uma revolta pelo seu sofrimento, pela sua impotência, os traumas e horrores vividos na guerra, que transformaram o meu querido Jimmy.Adorei o romance da autora. Acho que as personagens desenvolveram-se maravilhosamente, tão intensas e emocionantes. Pobre do meu coração, quase não aguentava de angústia. Sempre que pensava em Étienne e Jimmy a combater, sujos e cobertos de lama, a exalar medo e saudades de casa da mulher que amavam. Creio que este livro foi para mim demasiado importante para eu me esquecer. Todas as lições de vida aqui evocadas, tanto lições de amor, como de atitudes, e da própria natureza humana.Senti um profundo desgosto com Jimmy, e creio que sempre que olhar para esta história, sempre que olhar para este livro, nunca vou esquecer ou recuperar. Vou sempre recordar o seu fado. Quanto a Étienne, quanto mais penso no assunto, mais feliz e inconformada me sinto. No fundo, creio que a história é tão turbulenta em si, que o próprio leitor não consegue tomar partido de um, ou de outro.Fiquei imensamente feliz com o desfeche da guerra, e senti um doce alívio ao ver Belle e o seu verdadeiro amor juntos. Nunca pensei que uma história tivesse este efeito em mim.Recomendo a todos, recomendo a todos os apaixonados, aos emocionados aos devoradores de livros, mas acima de tudo recomendo a todos com um espírito humano. Disfrutem esta leitura, vivam-na e acima de tudo aprendam com o passado.“ Adoro o início da manhã – disse ele. – Até em Verdum havia nesta hora uma beleza que nos dava esperança de que o dia que começava ia ser melhor do que o anterior. Mas quando olho para toda esta magnificência contigo, sei que Deus está do nosso lado”Au revoir Belle, Étienne, Jimmy, Mog, Garth, Miranda…

  • Kate (KitKat07210)
    2018-11-14 03:44

    4.5/5 stars

  • ~ Cariad ~
    2018-10-29 08:04

    I'm pretty sure that this must be one of the most epic World War 1 romance series ever written. As frustrating as it was that Belle cheated on her husband that one night in France (there's a huge back story to that scene, it wasn't frivolous or gratuitous... but it was cheating, even if they thought that they might never see each other again) I was so engrossed in the story that it would have been completely impossible to stop listening. It's such a truly beautiful, realistic, gripping, tragic (but hope filled) story that it had me in tears of both joy and sadness. Crucially, the narration was perfect - flawless, such a relief as the series deserves nothing less. I've loaded book 3 onto Audible already!So happy to have found Lesley Pearse's books.

  • K.M. Lowe
    2018-10-22 03:06

    I read survivor first and I was so intrigued by the story that I was interested in reading Belle's story. I have laughed and cried with the whole story. it is hard to believe how much belle has been through in her life, but she is still a strong and confident young woman. I was over the moon that she ended up with Etienne in the end. He was her true love, they were destined to be together. I would recommend this trilogy to anyone. It is a captivating story that would leave anyone wanting more of Belle and Etienne.

  • Michelle Mcintyre
    2018-11-02 05:05

    This was the sequel to Belle the story went on much to my delight as I wanted to find out more about what happened to belle, along with this it was very interesting to read more about the war and what went on when Belle decided to join as an ambulance driver, the story had my emotions all over the place , I would defiantly recommend belle then read the promise.

  • Denise
    2018-11-04 03:04

    Confesso que este livro mexeu bastante comigo; houve acontecimentos muito maus e havia momentos em que eu não conseguia ler um único capítulo sem chorar. Contudo, houve também momentos doces e capazes de fazer palpitar os corações mais românticos.Opinião completa: http://quandoseabreumlivro.blogspot.p...

  • Maria João
    2018-10-23 11:08

    9,5 de 10*Depois de ter gostado muito de "Sonhos Proíbidos" (comentário aqui), o primeiro livro desta história, não é de espantar que "A Promessa" me tenha igualmente enchido as medidas!Comentário completo em:http://abibliotecadajoao.blogspot.pt/...

  • Suzie
    2018-11-06 09:40

    Thoroughly enjoyed this book and couldn't put it down. You can really feel a connection with Belle and share in her sorrow and triumphs. I liked the description of Belle's relationships, how she expresses her love and the difficulties they faced during the war. A lovely story.

  • Rachel McGrath
    2018-11-05 03:46

    I found this book at a small book store on holiday as I needed something to read. Now I'm hooked to this author. I love the stories, the characters and found the entire novel completely compelling. I couldn't put it down, and had to then order the other two books in this trilogy.